Aline



Nada pode nos ferir mais do que a falta de perdão. Seja por não recebê-lo ou por não oferecê-lo. Esta é uma batalha que se dá diariamente dentro de nós, entre emoções e sentimentos, lembranças e feridas, está a voz do perdão que por muitas vezes tentamos silenciar.
Na maioria das vezes o não perdoar está associado a uma forma de protesto contra aquele que nos feriu. É o reflexo de nossa insegurança, pois nos sentimos machucadas ou ameaçadas, e exteriorizamos uma vingança camuflada, não dando ao que nos feriu a oportunidade de se redimir. A raiva é o fundamento sob o qual o coração que não perdoa edifica seus muros, não dando a oportunidade de enxergar-se além do horizonte, novas oportunidades. E é exatamente do acúmulo da raiva que surge o rancor, prolongar a raiva contra uma pessoa é ferir-se mais ainda, magoar-se prolongadamente, ter raiva sempre “daquela situação” gerando rancor e mais rancor.
Ferir-se consigo mesma através da falta de perdão por vezes é mimar nosso ego, como uma criança que precisa ser compreendida e satisfeita a qualquer custo, não abrimos mão de nossas feridas, agimos com o sentimento de autopiedade, “coitada de mim, como ele (a) pode fazer isso comigo? Logo comigo?”. Você já viu uma criança que mexe em suas feridas o tempo inteiro e não a deixa cicatrizar, porque esta sempre retirando a casca da ferida? As marcas de uma ferida mal cicatrizada na pele são bem mais acentuadas das que naturalmente curaram-se. A falta de perdão é manifesta assim. Não deixamos a ferida curar, porque concentramo-nos nas nossas dores, nos nossos sofrimentos em excesso e não queremos ser curadas. Por mais incrível que pareça, a falta de perdão nos faz adoecer, o perdão tem poder de restaurar.
É bem verdade que suas feridas talvez sejam sinceras e reais, difíceis de serem tratadas. Mas hoje quero lhe encorajar a tentar olhar com os olhos do perdão, pois este é o olhar que Deus versa sobre nós. Diante disto, o primeiro passo talvez seja reconhecer a ofensa feita a você, conhecer o que realmente lhe magoou, e entender que em um primeiro momento é justo vivenciar a “raiva”. Neste ponto a Bíblia nos esclarece uma verdade no Livro de Efésios 4. 26 : “Irai-vos e não pequeis; não se ponha o sol sobre a vossa ira” . É inerente a nós e natural que nos iremos, e fiquemos com raiva de alguma situação, mas ela não pode durar perpetuamente, antes a Bíblia alerta, não deixe o dia passar com aquela ira em seu coração. Portanto, analise o que te feriu, reconheça, zangue-se se for preciso, mas não se permita alimentar a sua ira, ou a sua frustração. Ainda que as coisas não tenham sido como você gostaria, ou ele ou ela, tenha te machucado tanto! Não se permita viver a raiva constantemente, pois ela é a raiz da mágoa, Hebreus 12. 15 diz: “Cuidado para que não haja alguma raiz de amargura, que, brotando, vos perturbe, e, por meio dela, muitos sejam contaminados”. Não deixe a raiva tornar-se mágoa, isto irá te perturbar, é o que diz o versículo, e não só a você, por meio delas muitos são contaminados. É um fato conhecido por todas nós, se você não está bem consigo mesma, logo não estará com seu esposo, com seus filhos, com sua casa, seus afazeres, com a comida, com seu chefe, com seus estudos, e poderá contaminar a muitos, com seu mau-humor, sua antipatia, sua tristeza, sua raiva, sua amargura.
O Livro de Salmos complementa nosso pensamento: “Pertubei-vos e não pequeis; falai com o vosso coração sobre a vossa cama e calai-vos” [Sl 4.4]. Ou seja, expresse seus sentimentos de angústia, raiva, mas não peque contra Deus. Seus sentimentos foram colocados pelo Senhor, e Ele também os vivenciou quando experimentou o “ser” humano, ao manifestar-se corporalmente em Jesus Cristo. Deus humanizou-se e vivenciou as nossas raivas, medos, temores, mágoas e traições, mas contudo não pecou. Antes, foi a expressão do amor e perdão. Mais adiante o texto continua : “...falai com o vosso coração sobre a vossa cama e calai-vos”. Na hora da ira, fique quieta! Não murmure, não jogue suas frustrações sobre Deus, cale-se e fale com seu “travesseiro”. Você e mais você! Reflita, e espere no Senhor que Ele o ajudará, o verso 8 testifica essa verdade, no mesmo texto o salmista declara: "Em paz me deitarei e domirei” [Sl 4.8]. Estes são, pois os primeiros passos para perdoar, entender-se em seus conflitos, irar-se com a situação, mas não deixar que ela te domine.
Depois disto mude sua mentalidade, perdoar é uma escolha! Escolha perdoar ainda que o seu transgressor não mereça. O perdão deve acontecer primeiro em você. Perdoar consiste em desistir de qualquer ressentimento quando se é, de alguma forma, prejudicado. É abrir mão do seu direito de vingar-se, por mais doloroso que possa parecer. Perdoa-se amando, perdão acontece ná prática. As teorias não o explicam. É fundamental lembrar-se do perdão que um dia você recebeu! Deus nos perdoou em Cristo quando ainda éramos pecadoras (Rm 5.8), não esperou que melhorassemos nossa conduta para nos amar e perdoar, nos amou quando ainda estávamos em nossos delitos. Não espere que uma pessoa mude para perdoa-la, nem mesmo que se arrependa, transformações em nosso cárater só quem opera é Deus, não é pelo nosso muito falar, ou murmurar. Deus ainda esta a trabalhar em nós, mesmo sendo falhas. É tendo em mente a dádiva que recebemos que escolhemos perdoar, ainda que nossos sentimentos sejam contrários em um primeiro momento.
Ao menos habitue-se com a idéia. Você necessita de perdão. Você é alvo de perdão, você deve o perdão.

Jesus disse: “Porque, se perdoardes aos homens as suas ofensas, também vosso Pai celeste vos perdoará; se, porém, não perdoardes aos homens as suas ofensas, tampouco vosso Pai vos perdoará as vossas ofensas” (Mt 6.14-15).

“Sede uns para com os outros benignos, compassivos, perdoando-vos uns aos outros, como também Deus, em Cristo, vos perdoou”. Ef 4.32
Marcos 11.25:


“Quando estiverdes orando, se tendes alguma cousa contra alguém, perdoai, para que vosso Pai celestial vos perdoe as vossas ofensas”

“Perdoa-nos os nossos pecados, pois também nós perdoamos a todo o que nos deve” (Lc 11.4).

“Ele, quando ultrajado, não revidava com ultraje; quando maltratado, não fazia ameaças, mas entregava-se àquele que julga retamente” (1 Pe 2.23).

Talvez você não consiga ainda fazê-lo, mas a encorajo em oração perdoar aquele(a) que te feriu. Em Jesus, você pode fazê-lo e Ele nos capacita a tal. Este é um segredo que a oração lhe poderá desvendar, fale com o Senhor suas mágoas e ressentimentos e libere o perdão em oração. Ao menos tente, escolha perdoar.



Deus te abençoe com perdão!

Beijos, Aline Croce.
Veja mais em: , | edit post
Sua opinião 
22 Responses
  1. Olá, Aline!

    Graça e paz!

    Que bom receber o seu comentário. E obrigado pela leitura do Café com Deus e ainda mais pela honra de tê-la acompanhado na sua caminhada com o Pai.
    Pelo que vi, somos missionários, não? E na Europa...
    Gostei do seu post, pois somos todos ministros da reconciliação, do perdão e do amor do Senhor. Essa é A mensagem.
    Um abração a você e ao André. Qualquer dia nos encontramos.


  2. Janaína Says:

    Oi pre, entrei como sua seguidora, não pq é minha prima, mas por ser um grande exemplo pra mim e uma mulher de Deus, que o Senhor continue fortalecendo e abençoando sua vida cada dia mais! Te amo em Cristo. beeijoss...Jana.


  3. Anônimo Says:

    Sou casada desde dos 17 anos, e passamos por muitas coisas, já fazem 21 anos de casada. Por sermos novos nos desentendiamos...Mas ele me magoava o tempo todo,com palavras. Anos depois conheci a Jesus, recebi perdão, e fikei no evangelho, mas sempre sendo magoada, pelo esposo, sei q, era dificil, mas perdoava....Porém sempre ouvia as pessoas comentarem como ele era grosseiro comigo e nã gosta nda mas disfarçava, e seguia, resumindo...Tempos depois eu n aguentei mas, orava muito, e aquilo me trazia muito cansaço físico e mental, fora as coisas q aconteciam dentro da igreja...Bem teoricamente sei q é perdão q é biblico q é mandamento aaaa tudo isso eu sei....Bem me revoltei contra ele..n o queria mas na minha vida... ele qndo ele percebeu q me perderia começou a mudar..a dizer te amo...e a querer Deus... me afastei do pai...agora to voltando, aos cultos, a orar, a buscar a Deus, mas n consigo perdoar e tenho medo de me firmar na igreja de novo e ele começar as torturas, sei q tenho Deus comigo,eu choro,mas hj ele me trata bem tipo to por cima,ai voltareia a calar, só orar, amar e perdoar como uma bobolhona e passar de novo por tudo q passaei? realmente estou confusa, apesar de já saber a resposta..ore..ore...É estranho n sou burra, tenho entendimento mas n coonsigo perdoar, sempre to jogando algo na cara dele do passado nem ele quenta mais...Deus q faço? que faço?? tbm conheci um cara q gostei dele projetei nele alguem q n é eu sei...sou consciente de tudo mas pq n consigo me libertar disso?


  4. Aline Says:

    Graça e paz, "anônima"!

    Primeiramente gostaria de louvar a Deus por sua vida, certamente você chegou até este post porque o Senhor lhe trouxe até aqui, entre tantos outros sites e blogs da internet. Na verdade posso ver pelos seus comentários que esta é a sede da sua alma, perdoar. Porém, você está vivendo uma luta intensa contra você mesma.
    Você tem razão, perdoar não é fácil! Porque para que isto aconteça precisamos mortificar nossos desejos carnais, sacrificar nosso "eu", renunciar. E renunciar nossos direitos e razões dói, é amargo, é doído. Não é fácil, mas é necessário! Necessário porque somos seres eternos, criados a imagem e semelhança de Deus, e a Bíblia afirma que Deus é amor, Deus perdoou nossos pecados, logo o que É eterno em nós clama por este perdão. É o que vejo em você, você anseia por perdoar, no mais profundo de seu coração, esta é sua sede.
    Não se iluda com as coisas vãs desta vida, olhe para o que é eterno. Perdoar não é ser "boba", "tola", ou ingênua. Estas são as mentiras do temporal, das coisas daqui desta terra. Perdoar vai além. Perdoar é para os fortes! E há muitos na nossa sociedade que se escondem com covardia por trás de falsas ilusões.
    Você está passando por uma batalha interior. É você e você! Por mais bom, e gentil que seu marido tente ser com você, agora a batalha é dentro de você! Por isso é difícil vencê-la, não depende mais do "agressor", está agora nas suas mãos. E o que você faz quando tem alguém "nas suas mãos" ?


  5. Aline Says:

    (Continuação para "Anônima")Me lembro, e você já conhece, da passagem de Mateus 18. 21-35, em que um rei vai prestar contas com seus servos que lhe deviam. Um destes devia-lhe 10 mil talentos, pediu misericórdia, e foi perdoado. Porém um dia nas mãos deste servo perdoado estava um conservo seu, que lhe devia 100 dinheiros, e ele na mesma hora agiu com ódio, lançou aquele homem à prisão. Contudo o senhor dele soube, disse-lhe: "...Servo malvado, perdoei-te toda aquela dívida, porque me suplicaste.
    Não devias tu, igualmente, ter compaixão do teu companheiro, como eu também tive misericórdia de ti?
    E, indignado, o seu senhor o entregou aos atormentadores, até que pagasse tudo o que devia." (Mateus 18:32-34).

    O que fazemos quando está em nossas mãos o perdoar? Em primeiro lugar lembramo-nos do perdão que recebemos, das palavras de Cristo ao concluir está história do servo devedor: "Assim vos fará, também, meu Pai celestial, se do coração não perdoardes, cada um a seu irmão, as suas ofensas." Mateus 18:35

    Portanto, amada, perdoar é questão de vida ou morte! Porque você jamais poderia pagar pelo perdão que Deus lhe ofereceu em Cristo Jesus.

    Esta hoje é sua luta. Você não esta conseguindo perdoar porque isto é fruto do Espírito (Gl 5), e você está afastada do Pai, está fraca para as coisas do Espírito, sua carne está prevalecendo. "Digo, porém: Andai em Espírito, e não cumprireis a concupiscência (desejos) da carne". Gálatas 5:16
    Sua carne não deseja perdoar. Mas, sua alma anseia por isto, e você só pode fazê-lo quando anda com Cristo, quando anda em Espírito. Mas como você tem fortificado seu coração? Com as coisas do Espírito ou da carne? Quem está vencendo esta batalha dentro de você?Você tem alimentado o que? A carne ou o espírito? Tem ouvido os conselhos de quem? Das "amigas", ou da palavra de Deus?

    Se você não alimentar seu espírito, com as coisas do Espírito, você não vai conseguir perdoar. As obras da carne são conhecidas: "adultério, prostituição, impureza, lascívia, Idolatria, feitiçaria, inimizades, porfias, emulações, iras, pelejas, dissensões, heresias,
    Invejas, homicídios, bebedices, glutonarias, e coisas semelhantes a estas, acerca das quais vos declaro, como já antes vos disse, que os que cometem tais coisas não herdarão o reino de Deus." Gálatas 5:19-21

    Mas o fruto que o Espírito Santo produz em nós quando estamos cheios dEle, é contrário a todas estas coisas. "Mas o fruto do Espírito é: amor, gozo, paz, longanimidade, benignidade, bondade, fé, mansidão, temperança." Gálatas 5:22
    Ser longânimo é ser paciente, é ser misericordioso! É ser perdoador.

    Eis o porque, biblicamente falando você não consegue perdoar. Quando você for cheia do Espírto isto vai frutificar em você. E um milagre divino acontecerá em seu coração ferido, você receberá cura nas suas feridas. Disse já Lewis Smeds, "a primeira pessoas a ser curada com o perdão, é a pessoa que perdoa... Quando genuinamente perdoamos libertamos um prisioneiro e então descobrimos que o prisioneiro que libertamos éramos nós"

    Deus tem coisas lindas para sua vida! Ele te ama! E está pronto a perdoa-la se você se arrepender. Volte para a casa do PAI, Ele esta a sua espera! Não viva uma vida medíocre, abaixo daquilo que Deus tem pra você. Ele te chamou para vida e vida em abundância. Estarei com toda devoção e sinceridade, orando por você! Um forte abraço no amor de JESUS CRISTO. Aline Croce.


  6. Says:

    Perdoar é mto dificil :/
    mas, entreguei a Deus me coração para que sua obra seja feita.


  7. Anônimo Says:

    Olá, são palavras revigorantes que precisamos ouvi-las sempre para que possamos manter nossos corações puros. Estou também em conflito, pois fui magoada e prejudicada, mas mesmo tendo razão eu quero perdoar, só que toda vez que chego perto da pessoa ou simplesmente lembro dela, é muito difícil não sentir furor. Somente por Deus mesmo para nos ajudar. Parabéns pelo seu blog.


  8. Anônimo Says:

    Ola,
    Sou um jovem de 28 anos, aqueles ditos "bem sucedidos" socialmente e profissionalmente. Dinâmico, inteligente, bonito, alto, generoso, carinhoso, integre... são qualidades que me são apontadas e acredito as ter.
    Tive um namoro que durou cinco anos e acabei noivando. Tres semanas antes do casamento minha noiva que esperei a vida inteira e tanto amo (ainda a amo) decidiu desistir dizendo que já não me amava como anteriormente e também por motivos profissionais. Fiquei ferido, magoado, perdido, com raiva e ate ódio... perdi-me no álcool, discotecas e ate tentei esquecer ela com outras mulheres. Estava a um fio de perder meu emprego, já não tinha vontade de nada fazer, depois de encher a cara bebendo passava dias e noites trancado em casa a dormir ou deitado na cama sozinho olhando paras as paredes da casa que seria a nossa.
    A verdade é que não sentia prazer nenhum em tudo que fazia para me distrair, era apenas uma ilusão, momentos que depois de passarem arrependia-me amargamente e voltava a minha realidade de um homem abandonado.
    Com tempo e com os conselhos de familiares e amigos fui voltando a ser eu, passaram cerca de três meses para que eu voltasse a ser pelo menos metade daquilo que era, procurei me distrair viajando, lendo, conhecendo outras pessoas e ouvindo a palavra de Deus. Foi muito bom para mim! Voltei a ser eu, dinâmico, alegre e trabalhador.
    Hoje ela esta super arrependida da decisão que tomou, ela diz que sempre me amou só sentiu-se vazia por um momento. Ela quer voltar para mim, casar comigo e dar continuidade aos nossos planos feitos durante mais de cinco anos. Não sei se é por lhe amar tanto mas consigo ver arrependimento nos olhos dela e também vejo amor verdadeiro, ela já fez muitos gestos que mostram seu arrependimento e amor. Pediu perdão a mim e aos meus familiares (que estão muito tristes e magoados). So que eu não consigo lhe perdoar, por mais que tente não consigo arrancar a dor e a magoa que ela causou em mim, não consigo acreditar que um dia tudo isso ira passar. Minha dor foi e é tanta que se eu não tivesse princípios morais e religiosos me teria vingando dela lhe vigarizando. Sofri muito e por pouco me perdia cometendo uma loucura, suicídio ou mesmo ate violentando ela. Eu estava a beira do precipício e quando me lembro disso a dor é tanta que sobrepõe-se no amor que tenho por ela.
    Quero tanto mas não consigo perdoar... o que devo fazer?


  9. Aline Says:

    Olá amigo, que a graça e a paz do Senhor esteja sobre ti!

    Li seu comentário, e me comovi. Sei como esta situação é difícil, também passei por momentos semelhantes. Depois de alguns longos anos de namoro, meu namorado se cansou, e desistiu. Sofri demais!!! O que me sustentou foi a fé em Jesus. E passei por este vale com a presença dele.
    Depois de 3 meses, meu namorado também me procurou, eu fiquei tão feliz, mas ao mesmo tempo triste. Queria perdoar, mas o peso da mágoas eram tantas. Eu também tinha lhe ferido e o magoado. Mas nunca imaginei que ele me deixaria.
    Tive que me superar.
    Eu o amava muito, e apesar da dor, o amor foi mais forte. Voltamos, nos casamos, e hoje estamos felizes, com dificuldades claro, mas jamais me arrependi, e faria, e passaria por tudo de novo. Somos casados há 6 anos, e planejamos o nosso 1 filho! (continua)..


  10. Aline Says:

    (Continuação) Amigo, se você realmente ama esta moça, vale à pena!
    Mas nenhum relacionamento na nossa vida pode dar certo se não o edificarmos em Deus. Sei que parece estranho dizê-lo. Mas quando Deus está presente, é diferente.
    No período em que fiquei longe do meu atual marido, orei muito, e procurei saber se aquela era a vontade de Deus para minha vida.
    Sim, Deus se importa! Ele se importa com cada detalhe da sua vida, especialmente com este!
    A Bíblia diz em Romanos 12.2:
    "E não sede conformados com este mundo, mas sede transformados pela renovação do vosso entendimento, para que experimenteis qual seja a boa, agradável, e perfeita vontade de Deus."
    Você também é chamado para experimentar esta "boa, perfeita e agradável vontade de Deus".
    E a própria palavra de Deus, a Bíblia, revela qual é esta vontade:
    Em primeiro lugar, a vontade de Deus é que você seja salvo por meio de Jesus, dos seus pecados, e receba dele uma nova vida:
    "...isto é bom e agradável diante de Deus nosso Salvador,
    Que quer que todos os homens se salvem, e venham ao conhecimento da verdade."
    1 Timóteo 2:3-4

    A verdade é que todos pecaram, longes da vontade de Deus:

    Porque todos pecaram e destituídos estão da glória de Deus;
    Romanos 3:23

    E o pagamento por nossos pecados, a consequencia, é a morte eterna:

    "Porque o salário do pecado é a morte, mas o dom gratuito de Deus é a vida eterna, por Cristo Jesus nosso Senhor" Romanos 6.23
    Como vemos, a redenção por nossos erros, e pecados está em Cristo! E somente nele:

    "Mas, a todos quantos o receberam, deu-lhes o poder de serem feitos filhos de Deus, aos que crêem no seu nome;" Jo 1.12

    Quando cremos, recebemos uma nova vida:
    "Assim que, se alguém está em Cristo, nova criatura é; as coisas velhas já passaram; eis que tudo se fez novo". 2 Coríntios 5.17
    continua...


  11. Aline Says:

    Continuação:Bem, estou dizendo tudo isto, porque este é o princípio de tudo. Esta é a vontade de Deus para você. Se você já a vive, ou se deseja vivê-la, vá em frente!

    Depois destas coisas, comece uma caminhada com Deus. Viva uma vida com Deus. Ore, fale com Ele, Ele está vivo, e perto.

    a Bíblia diz: "Perto está o SENHOR dos que têm o coração quebrantado, e salva os contritos de espírito." Sl 34.18

    Se você orar, e entregar sua vida a Deus! Nada nunca mais será igual! Irá mudar, para melhor. Você precisa de uma nova história, uma nova vida, um novo tempo.

    Antes de começar a vivê-la com sua namorada de novo, comece do jeito certo, com Deus!

    Ele confirmará os teus passos. Se entregue e pergunte o que Ele quer pra você.
    Toda oração que fazemos, não no nosso nome, ou por nossos méritos, mas no nome de Jesus, Deus responde. Jesus mesmo declarou:
    "E tudo quanto pedirdes em meu nome eu o farei, para que o Pai seja glorificado no Filho" Jo 14.13

    Eu acredito que você já tem orado. Se não, não teria conseguido chegar até aqui. Você já é um vencedor! Conseguiu passar pelo mais difícil, venceu sozinho, as dores, a mágoa. Agora com Cristo você poderá fazê-lo!

    Se realmente decidir-se por perdoar sua amada, e viver com ela, não será fácil. Quando perdoamos não esquecemos. E as nossas emoções são enganosas, e traiçoeiras. Na verdade os estudiosos dizem que nosso cérebro não pode fazer uma distinção de tempo. Quando vemos o agressor, nos sentimos ofendidos como se tudo tivesse acontecido à momentos atrás. O cérebro não diferencia o tempo. Pode ter sido há 3 meses, mas pra você parece que foi ontem. Por tanto, respire!
    Dê tempo pra seu organismo! Para sua mente. Se ela te ama, entenderá.

    Este será um grande e lento processo. No começo, eu ainda sentia muito tudo, mas depois virou uma cicatriz. Doeu a ferida, quando estava aberta, agora, secou. Olho para ela, não posso esquecer, marcou, mas passo a mão sobre a cicatriz, e vejo, não dói mais como antes. Sinto-a diferente! Vi que tudo isto foi necessário.

    Vocês jamais poderão mudar o passado, mas poderão reeditar a maneira como o verão daqui pra frente. E seu cérebro pode fazer isto! Pode reescrever a história, e vê-la com outros olhos.

    Hoje eu realmente sei, que amo meu marido. E vi o quanto foi bom tudo isto ter acontecido. As crises do casamento, são superadas, porque um dia eu fiquei sem ele, e doeu, entendi, que nada pode vencer o amor.

    Eu te encorajo a perdoar. Mesmo que vocês não fiquem juntos.

    Mas nada disso é mágico, e instantâneo. É um processo.
    Sei que o único que pode te ajudar verdadeiramente, é Deus!

    Bem, amigo, espero ter ajudado, e oro por você hoje. Que Deus te abençoe, e te dê uma nova vida. Um futuro certo, próspero. E que você descubra que o maior vazio de todos, é não ter Deus. Eu descobri isto também neste processo. Parei de responsabilizar meu namorado pela minha felicidade. Só Deus pode me satisfazer, e completar.

    Gostaria de te indicar também o nosso livro de casamento. Um dia você irá precisar!!! Sei que serás muito feliz!

    Deus te abençoe!


  12. Aline Says:

    Meu livro: CASAMENTO UMA ALIANÇA ETERNA - escrito por mim, Aline Croce, e meu marido, André Santos.
    Esta loja virtual, é administrada por nós.

    http://lojavirtualagape.com.br/produto.php?cod_produto=4343332


  13. Anônimo Says:

    Paz.Estou procurando alicerces dentro da palavra de Deus para poder perdoar meu esposo.No natal do ano passado uma mulher ligou em seu celular e como ele havia esquecido seu celular em casa atendi,então uma moça me disse que havia se envolvido com ele durante uma viagem de trabalho.Meu mundo caiu,e aleém de tudo é que eu estva com familiares em casa.Quando ele voltou conversamos e ele negou tudo.Dias depois descobri que ele tinha me contado mais mentiras ainda.Ele me disse que apenas conversou com essa mulher.Preferi acreditar nele já que não existe nenhuma prova dessa situação,porém não consigo mais confiar e perdoá-lo.Semana que vem vai completar 1 ano em que tenho chorado e me sentindo um lixo,gostaria muito de viver em paz com meu esposo,mas qualquer coisa que ele me faça jogo tudo na cara e sei que eu tenho magoado muito o coração dele.Não sei o que fazer o certo é que não aguento mais viver nessa situação.


  14. Seu blog e muito abençoado e com mensagens edificante, já me tornei sua sequidora fiel, espero que também possa retribui com um visita no meu blog http://vivaavidacomdeus.blogspot.com.br/
    espero você que Deus te abençoe!!!


  15. Anônimo Says:

    Sua mensagem falou profundamente ao meu coraçao....mesmo sabendo de tudo q li...nao consigoooo perdoarrr, esquecer.........preciso Orar...preciso de forças!!!!


  16. Ale Says:

    Eu entendo vc pois, também fuio muito magoada pela pessoa q me dediquei uma viada inteira. E hoje, não estou conseguindo perdoar... Não é fácil...


  17. Anônimo Says:

    Na verdade, a intenção é me separar, mas tenho da ira de Deus sobre mim e do arrependimento. Nunca pensei em ter filhos,porém aos 39anos deixei de usar pílulas e me casei para sair do pecado, nã acredito q o amava, penso q tenha sido por carência e medo da solidão. O q me fez escolhe-lo foi oa dizeres de ser cristão,cna época, uns 5 anos atrás, eu procurava refúgio e sustento no Senhor e pedia para Deus, alguém q tbm O busasse tbm. Então me apareceu este, q qdo soube da minha gravidez com 1 mes e meio de casados, pediu o teste de paternidade . E assim foi durante td minha gravidez, ofensas, agressoes física, verbais e de quebra minha depressão. Foram 4meses de choro para aceitar não a criança, mas a possibilidade de ter "algo" crescendo dentro de mim..Sempre tive problemas com isso, tinha gastura de ver uma gravida, de ver mãe amamentndo. No momento cruscial da minha vida, ele nao só nao me apiou como me maltratou. Fiquei mais de um ano sem ir à igreja, sem ceiar... por conta do odio q tomava conta do meu coração. eu não me achava digna de estar na igreja mediante tamanho sentimento de odio. O tempo passou, minha filha está com 1ano e 2 meses. Fiquei 2 meses na casa da minha mãe qdo minha filha tinha 9 meses, e buscando obedecer a Deus eu voltei, mas não estou aguentando as agressões verbais, estou fazendo um estudo bíblico na igreja, sobre ser nova criatura . Mas edte fim de semana fui reprovada com certeza! Gritei, xinguei, esbravegei, agredi, blasfemei .... td q levei meses pra me manter e andar com Deus em alguns minutos foi td por água abaixo. Aco q não sou nova criatura e nunca vou conseguir se continuar nesse casamento . Nesta segunda, vou procurar um neurologista pra q eu faça um tratamento desta depressão q eu "acredito " estar. Mas a separaça? Como fico diante de Deus. Tenho vergonha dos meus vizinhos, nosso mal testemunho....Comi posso ir e pregar o evangelho se acho q nem eu o absolvi....Sem chaõ, sem rumo, sem perdão ....


  18. Anônimo Says:

    Fui traída pelo meu marido, ele teve um filho fora do casamento, estou vivendo um inferno, quando ele soube do filho o menino já tinha 15 anos, nosso casamento virou uma tribulação, nossas filhas e não aceitamos o menino, é brigas todo dia , não separamos porque ele não aceita, desse que o que aconteceu foi mas de 15 anos atras não signficou nada foi apenas atração fisica fraqueza dele, a mulher também era casada, por isso descobriu agora que o filho não do marido dela através do dna, depois meu marido também fez o dna, e para nosso desespero deu positivo, eu quero perdoar mas não consigo lembro todo dia toda hora dessa, não consigo trabalhar vivo chorando, com raiva , nao gosto de viver assim, não consigo sair dessa situação, me orienta em nome de Jesus.


  19. carol Says:

    Boa noite aline, queria um conselho seu, estou em um relacionamento a cinco anos e muita coisa de ruim aconteceu, resumindo nao consigo perdoa-lo e me sinto fria e seca, mas nao quero largar dele, so que estamos sofrendo muito pois eu nai consigovperdoar.


  20. Anônimo Says:

    Oi querida preciso mto da sua ajuda pois tive um relacionamento de 5 anos com uma pessoa que ainda amo mto , fazem 7 meses que voltei para cristo e então decidi terminar com ele pois ele não queria servir a jesus como eu , então ele está com outra pessoa sei que fiz a melhor escolha por escolher jesus , mas passei mts coisas com ele sempre o ajudei e o perdoei mas agora não consigo perdoa lo tenho rancor dele e por conta da minha raiva nao consigo tira lo do meu pensamento creio que quando perdoa lo verdadeiramentr mtas coisas em minha vida vai mudar mas como perdoar uma pessoa que te feriu tanto nem sei como orar em relaçao a isso me ajuda.... :(


  21. Anônimo Says:

    Oi, entao, tenho 21anos, aceitei Jesus em 2012 e meses depois comecei me interessar por um rapaz, ministro de louvor da minha igreja, ele esperou a vida toda uma namorada, nunca tinha nem beijado.. ele tbm se interessou por mim, oramos 3meses e começamos a namorar, comecei a amar ele mto. Nos nunca tivemos relaçoes, jejuavamos juntos, oravamos juntos... Enfim começamos planejar nosso casamento, q seria esse ano. Em maio do ano passado ele chegou chorando dizendo q havia me traido, sofri mto mas o perdoei, em setembro descobri que ele ja me traia a mto tempo, ele ia a moteis com outras, ele ia a baladas, aquilo acabo comigo, contei pro pastor e minha ex lider de dança.. Terminei. Enfim, sai da igreja, sai do meu ministerio, so chorava, perdi 5kg, fazem 7meses isso e nao o consigo perdoar, eu o amo mto, domingo fui ao culto e ele estava la e doi demais, sabe, parece q todo mundo passa a mao na cabeça dele, parece que pra Deus ele eh o queridinho, hoje em dia me sinto sozinha, triste, ja tentei suicidio, me corto sempre q a tristeza me domina.. Eu nao aguento mais, eu sei que devo perdoar e voltar pra casa do Pai, meu ministerio.. Mas nao tenho forças


  22. Aline Says:

    Olá querida, antes de mais nada gostaria de dizer-lhe que sinto muito, muito mesmo por tudo que lhe aconteceu; e meu sincero desejo é de te abraçar como uma irmã, e dizer-lhe que tudo dará certo.
    Você ainda estâ muito ferida e machucada, e isso é natural pois você foi injustamente enganada. Sabe, há algumas coisas que não podemos mudar na vida. Mas podemos mudar a maneira que olhamos e interpretamos as circustâncias adversas. O que passou, passou. E você tem um futuro todo pela frente. Vamos lá! Levante a cabeça e prossiga.
    O seu ex namorado cometeu um grave pecado não apenas contra você, mas contra a igreja que ele ministrava e sobretudo, contra Deus. Foi muito cruel. Mas, não permita que esse ressentimento te domine. Você não pode mudar o que aconteceu, mas agora pode mudar seus pendamentos de maneira que isso não te controle mais, chegando ao ponto de querer tirar a própria vida. Tenha calma, tenha fé.
    Perdoar é um processo que leva tempo. E sua ferida esta aberta. Quando você perdoar também não significa que tudo será como antes, é impossível. Sua confiança foi quebrada. Inclusive com a igreja a qual você participava. Pelo que entendi, ele esta em conunhão e você não. E ao vê-lo na igreja, como se nada tivessse acontecido, você também se sentiu traída pelos irmãos e amigos da comunidade. Mas não espere a compreensão de todos. E quando perdoar se sentir melhor, busque uma outra comunidade. Não precisa ficar no mesmo ambiente remoendo as feridas.
    Você é especial, e merece alguém especial. Alguém que a faça voar mais alto!
    Olhe para essa história como um aprendizado e quem sabe até mesmo como um livramento de Deus para sua vida. Você descobriu toda a verdade antes de se casar, isso é muito bom. Pois agora você está livre do engano.
    Volte para Cristo. E tenha no seu coração a convicção de que para Deus não existe ninguém queridinho, ou mais amado. Pois somos todos iguais, salvos pelo mesmo Senhor!
    Quando sentimentos suicidas vierem contra ti, repreenda-os em nome de Jesus! Reaja! Levante -se! Não aceite! Seja proativa! Coloque louvores..escute muitos louvores. Encha sua mente de coisas boas. Leia a palavra, escute mensagens edificantes. E creia que o sangue de Jesus te lava e purifica de toda sujeira e pecado. Você vai conseguir! Está vencendo, acredite!
    Busque o amor do Pai. Ele te espera de braços abertos!
    Um forte abraço, Aline Croce


Related Posts with Thumbnails