Aline
Hoje gostaria de falar um pouco dos sentimetos que vão e vêm em mim. Estou um pouco cansada! Talvez por isso, os dias tem sido tão difíceis.

Estou cansada de mim mesma, estou cansada da morosidade, da lentidão, da rotina.
Cansada de esperar, cansada até de confiar e acreditar.


Os dias tem sido mesmo muito difíceis!

Estou cansada de justificativas, de esperas, e esperar pelo que não vejo, pelo que não vislumbro.

Cansada por nem sempre vencer, nem sempre alcançar, nem sempre triunfar, nem mesmo “muitas almas ganhar!”.

Me canso até de me cansar!

Cansada pelas minhas falhas, cansada pelos meu erros, cansada por tantas tralhas que carrego dentro de mim.

Humanos se cansam!

Me conforta saber que Jesus descansava. Jesus se cansava.

Mas, descanso quando alcanço o Seu terno colo, que me realça e me convida a reclinar a canseira do peso do cansaço:

“Vinde a mim, todos os que estais cansados e eu vos aliviarei!” (Mt 29.11)

Ah! Que descanso! Ele me alcança! Assim eu descanso!

O cansado da batalha, na batalha.. descança. E renova a esperança!

Começo a descansar…


Hoje eu oro por você e por mim. Que estamos cansados na batalha! E desejo um Abraço de descanso! Deus te abençoe muito,








Beijos Aline.
Veja mais em: 0 COMENTÁRIOS | | edit post
Sua opinião 
Aline



Canção linda, linda, linda!

Nosso melhor amigo... JESUS CRISTO! Receba hoje todo este perdão, amor e carinho!

Em Cristo... Aline.


O amigo que eu encontrei me surpreendeu
Quando todos me deixaram
Ele me acolheu
E sarou minhas feridas, das algemas me livrou

Lhe falei do meu dilema e Ele me escutou
Lhe falei do meu passado e me perdoou
Isso teve um alto preço que Ele já pagou
Me mostrou as mãos feridas por amor de muitas vidas
E uma dessas muitas vidas era eu

Quem nesse mundo amor tão grande pode ter
De entregar a própria vida sem temer?
Quem já sentiu a dor de ser cravado em uma cruz
Pagando pelos erros que não cometeu?

E olhar nos olhos de quem tanto mal lhe fez
E sem ressentimento oferecer perdão
Quem pode ser melhor amigo que um Senhor
Que pelo servo a própria vida renunciou?
Quem pode ser melhor amigo que O Senhor
Que pelo servo a própria vida renunciou?

"Perchè Dio ha amato tanto il mondo, che ha dato il suo unigenito Figlio, affinchè chiunque crede in lui, non perisca ma abbia la vita eterna" (Giovanni 3.16)

Veja mais em: , 0 COMENTÁRIOS | | edit post
Sua opinião 
Aline



Sossega, coração! Não desesperes!

Talvez um dia, para além dos dias,

Encontres o que queres porque o queres.

Então, livre de falsas nostalgias,

Atingirás a perfeição de seres.



Mas pobre sonho o que só quer não tê-lo!

Pobre esperença a de existir somente!

Como quem passa a mão pelo cabelo

E em si mesmo se sente diferente,

Como faz mal ao sonho o concebê-lo!



Sossega, coração, contudo! Dorme!

O sossego não quer razão nem causa.

Quer só a noite plácida e enorme,

A grande, universal, solente pausa

Antes que tudo em tudo se transforme.



Fernando Pessoa, 2-8-1933
Veja mais em: , 0 COMENTÁRIOS | | edit post
Sua opinião 
Aline



Em toda sua vida Jesus teve vários motivos para desacreditar de seu chamado e desistir da caminhada. Visto que veio ao mundo como homem, sentiu as mesmas dores que o ser-humano sente, chorou, sofreu, foi humilhado, procurou amigos, passou pelo caos físico, social e emocional; mas sem jamais pecar ou retroceder, sem jamaisolhar para trás, sem jamais desistir. Ele poderia ter desistido. A Bíblia diz em Joaõ 10, que Jesus declarou: "Eu dou a minha vida, ninguém a tira de mim". Vir ao mundo e cumprir o chamado foi uma escolha. Não foi uma obrigação, Jesus não foi uma vítima, sua vida foi uma escolha, uma resposta ao chamado divino. Certa feita Ele disse a Pedro que se precisasse de defesa clamaria ao Pai e milhares de anjos viriam lhe socorrer. Ele tinha ao seu dispor riquezas e glórias, mas se despiu de tudo isto, mesmo sendo Deus, desistiu de tudo isso voluntariamente, aniquilou-se a si mesmo, humilhou-se. Morreu por mim, pensou em mim, me amou! (Fp 2. 5-8)

Irresistível é o amor de Jesus!

Veja mais em: , 0 COMENTÁRIOS | | edit post
Sua opinião 
Aline



10 Mandamentos para Esposa

Pr Elias Croce



1. Aprenda o verdadeiro significado do amor.


2. Desista os seus "sonhos" de um casamento perfeito, e lute por um bom casamento.


3. Descubra as necessidades pessoais e singulares de seu marido e tente satisfazê-las.


4. Abandone toda a dependência de seus pais, e toda critica dos parentes dele.


5. Faça elogios e mostreapreciação em vez de procurá-los para si. As mulheres geralmente preisam de um pouco mais de afirmação.


6. Abandone toda a tendência de ser possessiva e ciumenta.


7. Cumprimente seu marido com afeto, em vez de fazer reclamações ou exigências.


8. Abandone toda a esperança de mudar seu marido através da crítica ou do ataque.


9. Vença o complexo de princesa.


10. Ore por paciência.



Retirado do Livro do Pr Elias Croce:


"Família Cristã, o plano de Deus para vida familiar"


Adiquira o seu : http://www.eliascroce.com.br/ . E veja também: "10 mandamentos para os esposos"


Deus te abençoe!

Veja mais em: , 0 COMENTÁRIOS | | edit post
Sua opinião 
Aline
Leia a primeira parte aqui

Mas algumas casam-se com a idéia fixa ainda em mente, de que aquele é o princípe. Você pode imaginar a tragédia de um relacionamento idealizado? Que não compreende os limites e defeitos do outro? Que não abre mão de seus mimos e caprichos? Que não renuncia por amor? Que desastre a mulher que pensa que deve ser servida o tempo inteiro, e nunca servir; a mulher autoritária cheia de "sonhos próprios", que nunca se dipõe a compartilhar.



A vida real, é composta de situações muitas vezes constrangedoras no dia a dia: contas, atrasos, enfermidades, discussões, dúvidas, indecisões, fraquezas, incompatibilidade de personalidade, perdão, tristeza, cíumes, traições, lutas e batalhas. E tudo isso não significa que você não pode ser feliz.


Lembro-me da história bíblica de Ester. Ester era uma linda jovem, pobre e órfã. Com ela aconteceu exatamente o que muitas "mocinhas" esperam, se tornou rainha do poderoso Império Persa. Escolhida a dedo pela sua beleza. Aquilo para ela sendo judia, antes de ser uma honra era uma desgraça, seu casamento perante a Lei mosaica era ilícito, por ser com um rei estrangeiro, e sobretudo, opressor de seu povo. Contudo a "pricesinha" se mostrou uma guerreira inacreditável, ao estar diante de um grande desafio, não foi egoísta em sua vida de rainha, salvou a si e a seu povo todo, quando podia usufruir de sua vida cheia de regalias, deu sua vida por uma causa maior. Maior que seu casamento, maior que sua própria vida: seu povo, seu Deus (leia o Livro de Ester).


Encontre motivos e razões para viver maiores que você mesma, maiores que seu próprio "grande amor". Saia do castelo, antes que ele desabe! A felicidade de uma mulher, de uma pessoa, não pode estar centrada em um homem, em um grande amor. Se é assim para você, alguma coisa poderá te trazer a falência. Desfaça o mito, antes que ele desfaça suas estruturas. Ninguém é perfeito, mais cedo ou mais tarde, seu namorado, seu noivo, seu marido, irá te mostrar isso, e ele poderá ver em você, mais que uma princesinha mimada, mas uma mulher com espírito e temperança, equilibrada e sensata, cheia de sabedoria, que sabe que na vida real, é possível também ser feliz!


Ser princesa, é muito mais que estereótio, é muito mais que fugir da realidade, é ser "mansa e humilde de espírito" (Mt 11.29)


Deus te abençõe!


Aline Croce
Veja mais em: , 0 COMENTÁRIOS | | edit post
Sua opinião 
Aline



Desfaça o mito de princesa!

"Era uma vez uma linda princesa..."

Assim começa grande parte das histórias que pela infância povoaram nosso mundo encantado; onde há sempre um final feliz, onde tudo é lindo, a bruxa é sempre derrotada, e o princípe sempre é maravilhoso.

O grande problema dos "Contos de Fadas" é que muitos deles ainda norteiam nosso sub-consciente depois de adultas. Ora, que adolescente já não viveu um amor platônico, totalmente impossível, crente que o princípe a salvaria daquele "mundo" horrível e injusto que lhe aprisionava? E pensava que, com ele, o princípe, todos os seus problemas acabariam?
Infelizmente, muitas mulheres se casam ainda convictas de que o princípe, (o casamento, o marido) será a garantia de sua plena e total felicidade. Para tantas outras o mundo só será completo o dia que ela casar, afinal ela "nasceu" para isso: Reinar ao lado do princípe! Triste é quando a princesinha se casa e descobre que depois da Lua de Mel cabe a ela os afazeres do "castelo", tudo depende de sua boa administração.


Por que será que nunca vimos a Cinderela lavar as roupas, cozinhar, limpa, depois que ela se torna rainha? Este estereótipo da vida rela de "Dona de casa" é tido como opressor, a princesa deve ser liberta da madrasta e a vida "monótona" de trabalhar todo dia, seja em casa, ou fora de casa. Há algo que nos faz desconfiar que o casamento das princesas certamente viria ao fracasso.


E o belo princípe como reagirá depois dos primeiros conflitos, das primeiros contas a pagar da vida real, e das manias de princesa? Os contos de fadas, os contos de Hollywood, os contos de "Malhação", os contos "globais", nunca nos mostram a continuação do "E foram felizes para sempre"... a história se finda exatamente ali, como se a realização suprema da vida fosse encontrar um grande amor, apaixonante e romântico que superou todos os obstáculos da vida.


É claro que um grande amor é possível, isto é real. O que é ilusão é acreditar que a vida se resume a isto. É preciso amar sem idealizar, para que o seu princípe não se transforme em sapo, e a bela princesinha em uma megera insuportável.


Cuidado! Desfaça-se do seu mito de princesa! Os sintomas desta doença são reconhecidos na adolescência de diferentes maneiras:



  • a garota que se sente linda e maravilhosa, ela tem que ser a melhor e mais bonita do que todas as outras;

  • a madrasta invejosa tipífica todas as outras mulheres: invejosas, é ipossossível ser mesmo amiga de outra;

  • acreditar que a vida é feita só de "amor", ninguém mais importa, só o namorado, ou o marido. A família, os amigos, estudos, carreira, Deus, até mesmo os filhos, ficam em segundo, ou terceiro plano. Afinal, a felicidade da princesa deve ser vivida plenamente, e ela fará de tudo para não deixar que "NINGUÉM" a atrapalhe. Todos são seus opositores.

Estes são apenas alguns exemplos de mulheres que vivem encarceradas em um mundo de ilusões. Infelizmente a tendeência da maioria das meninas, adolescentes, é acreditar que o primeiro namorado seja o "princípe", namoram anos, a juventude inteira com a mesma pessoa, se ferem brutalmente na formação de suas emoções e personalidade. E quando efrentam a ruptura do relacionamento, algumas chegam a pensar em suicídio. O mundo desaba. Desfazer o mito do princípe é extremamente difícil e turbulento.

(continua parte 2)

Veja mais em: , 0 COMENTÁRIOS | | edit post
Sua opinião 
Aline



Por mais que lhe falem da tristeza...

...prossiga sorrindo!


Por mais que lhe demonstrem rancor...

...prossiga perdoando!


Por mais que lhe tragam decepção...

...prossiga confiando!


Por mais que lhe ameacem de fracasso...

...prossiga apostando na vitória!


Por mais que lhe apontem erros...

...prossiga com seus acertos!


Por mais que discurssem sobre ignorância...

...prossiga ajudando!


Por mais que lhe mostrem destruição...

...prossiga na construção!


Por mais que acenem as doenças...

...prossiga vibrando saúde!


Por mais que exibam ignorância...

...prossiga exibindo sua inteligência!


Por mais que o assustem com a velhice...

...prossiga sentindo-se jovem!


Por mais que plantem o mal...

...prossiga semeando o bem!


Por mais que contem mentiras...

...prossiga na verdade que é Cristo Jesus!


(autor desconhecido)
Veja mais em: 1 COMENTÁRIOS | | edit post
Sua opinião 
Aline
Uma mensagem revigorante para acalentar seu coração em meio as batalhas diárias!

Um abraço, no amor de JESUS, AQUELE QUE JAMAIS DESISTIU DE LUTAR!!!



Veja mais em: , 0 COMENTÁRIOS | | edit post
Sua opinião 
Aline



CONTINUAÇÃO RECOMEÇAR I...


Jesus disse a ela que tinha uma água que lhe daria vida eterna, ela disse em outras palavras, que queria aquela água, assim não precisaria ir ao poço de Jacó retirar a mesma água que se esgotava sempre. Na verdade Jesus lhe falava de uma dimensão sobrenatural e espiritual. Mas as palavras da mulher samaritana revelam a angústia de um coração que está cansado em buscar alívio nas fontes terrenas que se esgotam, que se finda, sempre a mesma tentativa, que se esvai. E Jesus o sabia. "Aquele que beber da água que eu lhe der nunca terá sede, porque a água que eu lhe der se fará nele uma fonte a jorrar para a vida eterna" (Jo 8.14).
A oportunidade estava dada. A fonte jorraria dentro de si próprio, mudança interior que flue até a vida eterna, e para a vida eterna, mas vida que começa de novo, a partir do aqui e agora, uma fonte não se estanca, está sempre a jorrar, não pe como uma água suja e parada que as vezes é removida...água viva sempre!!! É a regeneração do Espírito que nos faz de novo, que nos fortalece para uma nova caminhada, um novo início. Aquela mulher, eu creio, nunca mais foi a mesma. Sua fonte de vida mudou para sempre. Um recomeço justo!
A segunda mulher que me impacta com seu recomeço é a que foi pega em ato de adultério. Segundo a Lei de Moisés, ela deveria pagar com a própria vida, com o apedrejamento. E aquilo que parecia ser seu fim, foi o recomeço mais lindo da história bíblica. Um olhar, uma declaração de Jesus liberou aquela mulher de seu passado, e a encaminhou para o futuro.
Jesus surpreende seus acusadores quando indagou-os: "Aquele que entre vós está sem pecado seja o primeiro que atire pedra contra ela"(Jo 8.7). É verdade aquela mulher não estava com a razão, e Jesus o sabia, assim como sabia que todos ali a sua volta também eram manchados em alguma área de suas vidas. Quem nunca cometeu erros na estrada da vida? Quem não teve já a oportunidade de um recomeço? Todos nós. Na verdade a vida é um constante recomeçar. A mulher também o reconhecia em sua vida, ali ela ficou enquanto um a um de seus acusadores, a começar pelos mais velhos até o último, se retiraram, e ficaram apenas ela e Jesus.

Foi quando ela ouviu a sentença que mudaria sua vida: "Nem eu também te condeno; vai-te e não peques mais" (Jo 8.11)
"Vai não peques mais"... vai recomeça tua vida. Vai escreve tua história.
"Nem eu te condeno"... o passado não acabou com a sua vida. Não foi o seu fim.
"Vai"... seu futuro não foi escrito, vai!

Não tenha medo de recomeçar. Deus através destes pequenos detalhes da vida de duas mulheres te anima hoje. Você crê?

O que se deu na história destas mulheres depois do encontro com Jesus? Voltaram as antigas práticas? Mudaram radicalmete? Não sabemos. O recomeço quem escreve somos nós. Jesus já fez a parte dele. Acreditou em duas mulheres que socialmente e historicamente falando, eram miseráveis e despresíveis. Acreditou um dia em mim, acredita também em você. Seja livre pra seguir em frente!

No amor de Cristo eu oro hoje por você, que precisa recomeçar,
Abraços,
Aline
Veja mais em: , 0 COMENTÁRIOS | | edit post
Sua opinião 
Aline



Não tenha medo de recomeçar! A vida é feita de oportunidades, todos os dias ao nascer do sol, Deus nos desperta com um novo dia repleto de oportunidades, desafios, riscos, incertezas, esperanças, e acima de de tudo, cheio de misericórdia. A Bíblia diz em Lamentações de Jeremias 3:22,23 que as misericórdias do Senhor não têm fim, novas são a cada manhã. Aleluias! esta verdade deve encehr os nossos corações de alegria e regozijo.

Mas talvez o seu coração esteja cansado demais, e seja pesado pra você um recomeçar. A rotina do dia a dia são grandes demais e tem massacrado as suas esperanças e arruinado suas forças. Promessas de um recomeço não lhe atraem mais. Afinal, mais uma segunda-feira com metas, agendas, desafios, regimes, mudança radical, nada disso lhe atrai mais. Quantas vezes falimos nossas expectativas no recomeçar de uma nova semana, um novo mês, um novo ano. As emoções oscilam, é difícil acreditar em si mesma.

Não. Não desista! Acredite mais um pouco em você. Você tem potencial. Nem mesmo Deus desistiu de você, não desistiu da humanidade, cheia de engano, pecado, corrupção e rebeldia: "Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu filho unigênito, para que todo aquele que enle crÊ não pereça, mas tenha a vida eterna" (João 3.16).

Deus é especialista em recomeços! Não se desespere! As vezes é preciso se aquietar um pouco, "Aquietai-vos e sabei que eu sou Deus" (Salmos 46.10), e rever nossos conceitos interiores. Quem guia a sua vida é Deus. Sua história pode ainda ter um final feliz, não é o fim, o que passou não pode mais te ferir, te angustiar, passou! Recomece! O Senhor te ajudará!

Certa feita duas mulheres, dentre tantas outras pessoas, foram tocadas por Jesus em seus sentimentos, e experimentaram um novo recomeço quando tudo parecia perdido. Lembro-me da Mulher Samaritana, descrita no Evangelho Segundo João no capítulo quatro, e a mulher apanhada no ato de adultério, cuja a história é retratada no mesmo livro no capítulo oito. As duas necessitavam de um novo recomeço. Ambas tinham uma vida sentimental frsutrada e até imoral, para os padrões éticos civis, judaicos e cristãos.

A mulher samaritana quando Jesus a encontrou no pocço de Jacó, em Sicar, tinha tido cinco maridos e o seu companheiro atual não era o seu marido. Imagine quantas marcas essa mulher não tinha em seu viver: tentativas, abandonos, fofocas, calúnias, falsas esperanças, mais uma vez frsutrada, quem sabe enganada. E ela diante de Jesus, sem mesmo saber ao certo quem Ele era, assumiu o seu passado e a sua realidade: "Disse-lhe Jesus: Vai chama o teu marido e vem cá. A mulher respondeu e disse: Não tenho marido.Disse-lhe Jesus: Disseste bem: Não tenho marido, porque tivestes cinco maridos, e o que agora tens, não é o teu marido, isto dissestes com verdade" (Jo 8. 16-18).

Penso que este seja o primeiro passo para um recomeço. Assumir o que fomos e o que somos. A realidade não pode ser negada. Firme o passo e encare com verdade a realidade, assuma seus erros diante de quem for preciso, mas acima de tudo, para Deus e para você mesmo. Jesus compreendeu aquela mulher, ao começar pelo fato de dirigir-lhe a palavra. Um judeus, como Jesus o era, não se dirigia a um (a) samaritano (a), como o era a mulher, assim também como um homem não falaria com uma mulher sem a companhia de seu marido, tutor ou outro parente, visto que aquela era uma sociedade patriarcal, os conceitos eram regidos por uma autoridade masculina. João registra no versículo 27 que seus discípulos se assustaram de vê-lo falando com uma mulher. Mas Jesus a compreendeu e deu-lhe a oportunidade de recomeçar. Jesus não a condenou, não foi preciso, ela mesma reconheceu seus erros e percebeu que diante dela estava uma que a podia restaurar.

CONTINUA... ACIMA!
Veja mais em: , 0 COMENTÁRIOS | | edit post
Sua opinião 
Aline



Uma mulher forte malha todo o dia para manter o corpo em forma...

Uma mulher de força constrói relacionamentos para manter a sua alma em força!


Uma mulher forte não tem medo de nada...

Uma mulher de força demonstra coragem, mesmo no centro dos seus medos!


Uma mulher forte não permite que ninguém tire o melhor dela...

Uma mulher de força dá o melhor de si a todos!


Uma mulher forte comete erros e evita-os no futuro...

Uma mulher de força percebe que os erros na vida também podem ser bençãos inesperadas e aprende com eles!


Uma mulher forte tem o olhar de segurança na face...

Uma mulher de força tem a graça!


Uma mulher forte acredita que ela é forte o suficiente para a jornada...

Uma mulher de força tem fé que é durante a jornada que ela se tornará forte!



Autor desconhecido
Veja mais em: 0 COMENTÁRIOS | | edit post
Sua opinião 
Aline



"Não se turbe o vosso coração, crede em Deus, credes também em mim" (Jo 14.1)

"No mundo tereis aflições mas tendes bom ânimo, eu venci o mundo" (Jo 16.33)

Estas foram as meigas e consoladoras palavras de Jesus aos seus discípulos quando estava prestes a cumprir sua missão: morrer. Os discípulos começamvama se turbar, cheio de dúvidas e indagações, temores, e o próprio Jesus sabia que o que estava para lhe acontecer abalaria suas estruturas emocionais e físicas, mas a serenidade e compreensão do Supremo Consolador estava com Ele "...Não estou só, porque o Pai está comigo" (Jo 16.32); de tal maneira consolidado na sua fé podia socorrer com consolação aos seus: "Deixo-vos a paz, a minha paz vos dou" (Jo 14.27)

Seja abraçada por esta paz.. e DESCANSE!!!

Bjs

Aline

Deus te abençoe!!!
Veja mais em: 0 COMENTÁRIOS | | edit post
Sua opinião 
Aline



Você é quem é por uma razão.
Você faz parte de um plano complexo.
Você é uma criação original, preciosa e perfeita,
denominada como notável homem ou mulher de Deus.

Você tem essa aparência por uma razão.
Nosso Deus não cometeu nenhum erro.
Ele o teceu no útero,
você é exatamente o que ele quis fazer.
Os pais que vocÊ teve foram escolhidos por ele,
e, a despeito de seus sentimentos,
eles foram feitos sob medidas para os planos que Deus tem em mente,
e estão aprovados pelo Senhor.

Não, aquele trauma que você enfrentou não foi fácil.
E Deus chorou por aquilo ter te machucado tanto;
mas foi permitido para moldar seu coração
para que você crescesse à sua imagem.

Você é quem pe por uma razão,
você vem sendo moldado pela vara do Senhor.
Você é quem é,amado,
porque há um Deus!


Poesia de RUSSEL KELFER
Veja mais em: 0 COMENTÁRIOS | | edit post
Sua opinião 
Aline
florescer

"Pense em si próprio como uma semente que hiberna com paciência no solo, esperando tornar-se uma flor no tempo certo e brotando para o verdadeiro despertar" (C.S. Lewis)


Logo você vai brotar e experimentar um esplendoroso renascer!!!
Veja mais em: , 0 COMENTÁRIOS | | edit post
Sua opinião 
Aline
amigos

"Amai-vos de coração uns aos outros ardentemente" IPe 1.22

Veja mais em: 0 COMENTÁRIOS | | edit post
Sua opinião 
Aline
flores violetas

"O choro pode durar uma noite, mas a alegria vem pela manhã" Sl 30.5

As lágrimas são canções
que regam minhas orações
em meio as lutas e tentações..

Sei que Tu as tem em suas mãos
quando uma à uma as recolhe
e as torna em canções
de uma manhã de vitória

A noite desvanesse.. a alegria vem
pelas tuas mãos ... um novo amanhã!

Creia DEUS ESTÁ CUIDANDO DE VOCÊ...

NÃO HÁ NOITE TÃO DENSA.. QUE A LUZ DO SENHOR NÃO POSSA ROMPER!!!
Veja mais em: 1 COMENTÁRIOS | | edit post
Sua opinião 
Aline
"MOMENTO ÍNTIMO COM A MÃE DO SALVADOR"

Junto à cruz de Jesus estava a sua mãe, a irmã dela, e Maria, mulher de Clopas, e Maria Madalena. Vendo Jesus ali asua mãe, e que o discípulo a quem ele amava estava presente,disse a sua mãe: Mulher, eis o teu filho. Depois disse aodiscípulo: Eis a tua mãe. Dessa hora em diante, o discípuloa recebeu em sua casa". João 19:25-27.

Enquanto Maria olha para a cruz, tolda-se a terra de umnevoeiro, como se tivesse sido atingida bem em seu âmago poruma espada. Enquanto observa, Maria percebe a semelhançaentre o que ela sente com o que foi profetizado por Simeão, por ocasião do nascimento de Jesus: "Esta criança é posta para queda e elevação de muitos em Israel, para ser alvo decontradição, e para que se manifestem os pensamentos demuitos corações. E uma espada trespassará também a sua alma".

Focalizando novamente a cruz, tudo fica nítido para ela:-Então, esta é a espada.
É algo que toda a mãe teme: perder um filho. Este medo a perseguiu sempre, desde as palavras premonitórias de Simeão. Houve o terror por ocasião de Herodes, com a conspiração deassassinato das criancinhas. E ainda a profecia de Isaías sobre o Servo Sofredor sempre a perturbou. É como se a Morte tivesse pousado sobre o berço de Jesus, desde o seu nascimento, lançando ali uma sombra escura como uma constante advertência de que um dia o menino não lhe pertenceria.

Bem no seu íntimo, Maria sabia que Jesus era uma criança nascida para morrer. Não cresceria para ser um médico, ou um rabi, ou um doutor da lei. Não se casaria, nem lhe daria netos que levassem adiante o nome de família. Sabia disto há muito tempo, mas havia enterrado esse sentimento em seucoração.Nas poças de lágrimas nadam algumas recordações.

O nascimento dele naquele frio e escuro estábulo em Belém.Como ele tremia, quando pegou-o pela primeira vez em seus braços, tão pequenino e indefeso. Aquecera-o em seu seio e cantara para que dormisse. Lembrava-se também de como,quando beijara sua testa, ele a olhara tão calmo, tão sem cuidados. Novamente focaliza a cruz e vê homens encurvados, repartindo as roupas dele, e lançando sortes sobre elas. Ergue os olhos para seu filho e sofre.

Ele está nu, e não há ninguém para aquecê-lo. Tem sede, e não há ninguém para molhar os seuslábios. Está cansado e não há ninguém para cantar-lhe uma canção para que adormeça. Sua testa está franzida em agonia,e não há ninguém para enxugar-lhe os ferimentos.

-Por que meu bebê mereceria isto?

Novamente seus olhos se turvam. Mais uma lembrança vem àtona. E mais outra. Lembra-se de quando disse a primeira palavra. Lembra-se dos seus primeiros passos. Recorda-se de como ele gostava de ajudá-la a assar o pão, e ela então costumava molhar um pedaço do pão fresco no mel e dava-lhe para comer. Isto deixava-o contente e fazia com que seus olhos brilhassem.

-Por que meu bebê mereceria isto?

Recorda-se dele com doze anos, quando já estava a serviço do Pai em Jerusalém. Lembra-se claramente de ter pensado na ocasião: Ele não é mais o meu bebê. Está ali na cruz agora por possuir também amor materno. Está ali porque tem o amor de um Salvador. Mas, o amor não se parece com o que vê. Gotas de sangue que escorrem pelo madeiro, molhando a sujeira que está embaixo. Cravos pesados nos pés de Jesus.Costelas marcando a pele magra. Moscas pousando nas feridas abertas. Olhos inchados pela febre. Cabelos emaranhados na coroa de espinhos colocada pela manhã. Mãos erguidas a Deus presas no madeiro. Um dorso encurvado, pendente pelos punhos empalados, como um grotesco pingente. Isto é o que a mãe de Jesus vê, enquanto desembainha seu coração para o golpe cruel da espada romana.

É mais do que uma mãe pode suportar.Mas de alguma forma ela resiste. Principalmente por causa do homem que está a seu lado, amparando-a. João, o discípulo amado de Jesus. De braços dados, as duas pessoas a quem Jesus mais ama neste mundo. Nunca foram tão próximos, como neste momento. Ouvem Jesus murmurar enquantoergue a cabeça. Esboça o seu adeus com a língua ferida e os lábios rachados. João leva Maria para mais perto, para poupar a Jesus o esforço, pois o seu filho tem muito que dizer a ela: Obrigado por tudo. . . devo-lhe tanto. . . você foi a mãe mais querida que alguém poderia ter. Mas os espasmos no peito estão cada vez mais freqüentes, e aquelas palavras não foram pronunciadas. Jesus apóia-se nos cravos e com esforço enche os pulmões. A dor é extrema.

As palavras saem com um grande esforço. "Mulher, eis o teu filho." Maria olha para João, aperta os seus braços enquanto tem os olhos marejados de lágrimas. Os lábios esboçam um sorrisotrêmulo". "João, eis a tua mãe". O discípulo acena enquanto morde os lábios controlando a emoção. Foi tudo quanto foi dito. Por um momento íntimo,contemplam aquele a quem tanto amam.

Então Jesus pende novamente. De repente, Maria percebe, ele está a serviço do Pai. Ora àquele Pai, para que a morte venha logo para o seu filho, isto é, para o filho deles. Pois ambos perderam um filho hoje. Ambos têm uma espada cravada no peito. E assim, apesar da sua dor, apesar do aço frio que lhe transpassa a alma, ela resiste ao pé da cruz. Não suporta olhar. Mas não suportaria afastar-se dali também.

Está ali. Pelo seu filho. Como qualquer mãe o faria.Ela estava lá quando ele veio ao mundo. Haveria de estar quando ele se fosse. Estava lá quando ele foi empurrado por um canal escuro e estreito até seus braços, quando nasceu. Estaria presente agora quando ele estava sendo empurrado através de outra passagem dolorosa que o devolvia para os braços do Pai.

"PORQUE DEUS AMOU O MUNDO DE TANTO QUE DEU O SEU ÚNICO FILHO , PARA QUE TODO AQUELE QUE NELE CRER NÃO MORRA, MAS TENHA A VIDA ETERNA" JO 3.16

fonte: www.evangelizacaopessoal.com
Veja mais em: 1 COMENTÁRIOS | | edit post
Sua opinião 
Aline


ANTES DE SER MÃE


... eu fazia e comia refeições quentes.

Eu usava roupas sem manchas.

Antes de ser mãe, eu dormia tão tarde quanto eu quisesse e nunca me preocupava com que horas iria para a cama.

Eu escovava meus cabelos e tomava banho sem pressa.

Antes de ser mãe, minha casa estava limpa todos os dias.

Eu nunca tropeçava em brinquedos, ou pensava em canções de ninar.

Antes de ser mãe, eu não me preocupava se minhas plantas eram venenosas.

Eu nem sabia que existiam protetores de tomada...

Antes de ser mãe, ninguém nunca tinha vomitado ou cuspido em mim.

Eu nunca tinha sido mordida nem beliscada por dedos minúsculos.

Ninguém nunca tinha me molhado.

Antes de ser mãe, eu tinha controle da minha mente, dos meus pensamentos, do meu corpo, e do meu tempo.

Eu dormia a noite toda!!!

Antes de ser mãe, eu nunca tinha segurado uma criança chorando para que pudessem fazer exames ou aplicar vacinas.

Eu nunca havia experimentado a maravilhosa sensação de amamentar e saciar um bebê faminto.

Eu nunca tinha olhado em olhos marejados e chorado.

Eu nunca tinha ficado tão gloriosamente feliz por causa de um simples sorriso.

Eu nunca tinha sentado tarde da noite só para admirar um bebê dormindo.

Eu nunca tinha segurado um bebe dormindo só porque eu não queria deixá-lo.

Eu nunca havia sentido meu coração se quebrar em um milhão de pedaços porque eu não pude parar uma dor.

Eu nunca imaginaria que algo tão pequeno pudesse afetar tanto minha vida.

Eu nunca soube que eu amaria ser mãe.

Antes de ser mãe, eu não conhecia a sensação de ter meu coração fora de meu corpo.

Eu não conhecia a força do amor entre uma mãe e seu filho.

Antes de ser mãe, eu não conhecia o calor, a alegria, amor, preocupação, plenitude, ou a satisfação de ser mãe.

Eu não sabia que era capaz de sentir tudo isso com tanta intensidade!

"Nunca imaginei sentir um amor incondicional, até que Deus me deu os melhores presentes da minha vida!!!!!!!"
Veja mais em: 1 COMENTÁRIOS | | edit post
Sua opinião 
Aline


TODA MULHER É MÃE

"Mesmo que nunca tenha gerado um filho, mesmo que nunca venha a gera-lo.


Toda mulher é mãe, primeiro da boneca, mais tarde dos irmãos, casada, algumas vezes,é mãe do marido.


Sem filho será mãe adotiva;


Entregará a alguém os benefícios do seu amor:os sobrinhos, os filhos alheios.


Uma causa justa.


Não basta somente um dia para consagrar às mães, porque o seu amor e o carinho foram, são e serão, sempre intermináveis. É uma história que não tem começo nem fim, porque nossas mães nos sonharam muito antes de nossa existência uterina, nos amaram bem antes de ver as nossas faces, e nos sentiam a todo momento.


Não basta apenas um dia para agradecer tudo o que nossas mães fizeram por nós.São poucas as palavras para traduzir todo o amor e afeto que recebemos de nossas mães; Sempre generosas são lembradas por seus ensinamentos e sua imensa sabedoria.A maternidade é verdadeiramente indescritível, pelo simples fato de todas as mães serem a melhor semelhança do "Rosto de Deus entre nós".
Veja mais em: 1 COMENTÁRIOS | | edit post
Sua opinião 
Aline



O maior presente de amor que um filho pode receber são as orações de sua mãe.

Eu tenho sido regada pelas orações de minha mãe.

Medite um pouco neste poema anônimo, e comece o dia orando por seus filhos, os leve para o fundo de seu próprio coração, e à presença do Pai Celeste, e creia Deus cuida de cada um dos seus, acredite e confie, Ele cuida de sua família.

Talvez você não possa fazer muito diante das circunstâncias que tem vivido. Mas com oração e lágrimas você conseguirá ir mais além, no impossível, descansar com sua família em Deus. Não desista de seus filhos!!! Ajude-os em oração, clame e grite por eles, ainda que não veja resultados aparentes, suas orações darão frutos no tempo certo. Encare este desafio como um ministéio. Ore pelos seus!!! Lute e batalhe por eles em oração. Seus filhos a agradecerão!!!

"Levanta-te, clama de noite no princípio das vigílias; derrama, como água, o coração perante o Senhor; levanta a ele as mãos, pela vida de teus filhinhos" (Lm 3.19)

Que Deus te fortaleça, com o coração de uma mãe que ora.

em Cristo Jesus,

Aline Croce Santos


Poesia

Alguns tem tido reis em sua linhagem,
Aos quais era dada honra.
Não tenho ancestrais dos quais
Envaidecer-me - mas
Eu tenho uma mãe que ora.

Eu tenho uma mãe que ora por mim
E suplica diariamente por mim.
Ah que diferença isso faz pra mim -
Eu tenho uma mãe que ora.

Alguns tem sucesso mundano
E confiam na fortuna que fizeram -
Este é o meu recurso mais seguro:
Eu tenho uma mãe que ora.

As orações de minha mãe não podem me salvar,
Só podem me ajudar;
Mas mamãe me apresentou a Alguém -
Alguém que nunca poderia falhar.

Oh! Sim... Eu tenho uma mãe que ora por mim
E suplica a Deus diariamente por mim.
Oh! que diferença isso faz pra mim -
Eu tenho uma mãe que ora.


(poesia extraída do livro "Uma mulher segundo o coração de Deus", de Elizabeth George)
Veja mais em: 0 COMENTÁRIOS | | edit post
Sua opinião 
Aline



"Oh, as vitórias da oração! São os pontos culminan tes da Bíblia. Elas nos levam de volta às planícies do Manre, ao vale de Peniel, à prisão de José, aos triunfos de Moisés, às vitórias transcendentes de Josué, aos livramentos de Davi, aos milagres de Elias e Eliseu, a toda a história do Mestre da vida, ao segredo do Pentecoste, à tônica do ministério singular de Paulo, às vidas dos santos e às mortes dos mártires, a tudo que é mais sagrado e doce na história da Igreja e na experiência dos filhos de Deus. E quando, para nós, o último conflito houver passado, e o genuflexório der lugar à harpa de louvor, os pontos do tempo que serão iluminados com o fulgor mais celestial e eterno serão aqueles que muitas vezes estão ligados à dor mais profunda e à noite mais escura, sobre as quais repousa a inscrição: "Jeová- Shammá: O Senhor esteve aqui".
Aline







SIFRÁ E PUÁ, RESISTINDO À PRESSÃO







“O rei do Egito deu a Sifrá e a Pua, que eram parteiras das mulheres israelitas, a seguinte ordem: Quando vocês forem ajudar as mulheres israelitas nos seus partos, façam o seguinte: se nascer um menino, matem; mas, se nascer uma menina, deixem que viva. Porém as parteiras temiam a Deus e não fizeram o que o rei do Egito havia mandado. Pelo contrário deixaram que os meninos vivessem. Então o rei mandou chamar as parteiras e perguntou: “-Por que vocês estão fazendo isso? Porque estão deixando que os meninos vivam? Elas responderam: “-É que as mulheres israelitas não são como as egípcias. Elas dão à luz com facilidade, e as crianças nascem antes que a parteira chegue”. As parteiras temiam a Deus, e por isso ele foi bom para elas e fez com que tivessem as suas próprias famílias”








(Ex 1.15-21)















Talvez, você nunca tenha ouvido falar nestes nomes, Sifrá e Puá, mas muitas de nós nos assemelhamos a elas, temos muito em comum, mais do que você imagina. Sifrá e Puá não tinham uma posição importante na hierarquia social, eram parteiras. Um serviço comum e simples, que não recebia muito prestígio, duas parteiras de classe social e econômica mais baixa da sociedade de seus dias. E que dias... viviam no Egito Antigo, sobre a pressão de um rei tirano e déspota, uma realidade opressora e esmagadora.
Sobre a regência de Faraó, o povo de Israel viveu um dos períodos mais sombrios de sua história, eram amargurados, mal tratados por feitores com serviços pesados, escravos, tratados com brutalidade e crueldade. Porém quanto mais os egípcios maltratavam os israelitas, tanto mais eles aumentavam. Os egípcios ficaram com medo deles, de que se revoltassem contra seu governo. Entre as muitas estratégias de combater o poder crescente dos israelitas em suas terras, a tática perversa do Faraó, em matar todos os meninos, traz à cena Sifrá e Puá.
Faraó, seu nome próprio nem mesmo é citado, mas as simples parteiras são nomeadas para ter um papel primordial na história de Israel, Sifrá e Puá. Sifrá, significa “beleza”, e Puá “esplêndida”. De fato, o foram. Ao desobedecerem à ordem de um rei que era capaz de matar bebês inocentes, não se entregam às pressões cotidianas de sua realidade histórica.
A ordem era clara: “Quando vocês forem ajudar as mulheres israelitas nos seus partos, façam o seguinte: se nascer um menino, matem; mas, se nascer uma menina, deixem que viva” (Ex 1.16). Uma ordem para morte. Mas como contrariar o próprio chamado para gerar vida? São parteiras, seu trabalho é trazer bebês ao mundo. Elas descartam esta ordem de um modo simples e sem alarde. Fazem o correto, ainda que paguem com a própria vida. Um gesto inesquecível!
Porque? “..as parteiras temiam a Deus” (Ex1.17). Conosco também não é diferente. Por vezes somos pressionadas a tomarmos atitudes que geram morte. Pressões que não são pequenas, elas vem embutidas em todos os setores sociais:

-nos estatutos e códigos civis que desvalorizam a vida com leis contrárias ao instinto maternal, como o aborto;
-no machismo camuflado da sociedade ocidental que não respeita direitos básicos de proteção à mulher e gera brutalidade;
-no trabalho, pela ordem de um superior que não preza a ética e a moral e quer nos sujeitar a desonras e a mentiras;
-no lar, onde ideologias contrárias à verdade querem imperar, infiltradas muitas vezes pela mídia, atacam nossos lares, gerando traição, medo, revoltas e mágoas.


“Porém, as parteiras temiam a Deus”, eis a sutil diferença que não nos permite ceder em meio às pressões e que faz de nós, mulheres notáveis, belas e esplêndidas perante o Senhor, capazes de mudar o rumo da história, como Sifrá e Puá. Simples em sua devoção, corajosas em seus atos.
“O desejo de promover vida se choca com a ordem para matar”. [1] A ordem vem do déspota e tirano, cheio de poder e autoridade. O desejo de promover vida vem de duas mulheres que vivem à margem da sociedade. Sifrá e Puá, representante dos oprimidos e impotentes.
O chamado para gerar vida é bem maior do que qualquer opressão. Não ceda! Aquelas mulheres foram recompensadas pelo Senhor, “As parteiras temiam a Deus, e por isso Ele foi bom para elas e fez com que tivessem suas próprias famílias” (Ex 1.20). Talvez ao preservarem a vida daqueles bebês estivessem desejando, e sonhando em terem os seus próprios filhinhos nos braços, e Deus contemplou o desejo secreto e a fé valente em temer ao Senhor no meio de uma geração perversa.

Resista! Ainda que a pressão do dia a dia queira lhe tirar a força da vida.

Lembre-se: “A mulher que teme ao Senhor, essa será louvada!” (Pv 31.30)

Aline Croce dos Santos


1. Citação de PETERSON, Eugene H. “A maldição do Cristo genérico” Ed. Mundo Cristão.
Veja mais em: 1 COMENTÁRIOS | | edit post
Sua opinião 
Related Posts with Thumbnails