Aline
fonte imagem: ovelha perdida


"Na corrida da vida, a beleza externa sempre perderá, pois a vitória do tempo já está assegurada"
[Frase de Esther Carrenho]

Na nossa busca frenética pela beleza
nos esquecemos facilmente do que realmente importa e contra quem estamos lutando. Gastamos um dinheirão [o que sinceramente, esta cada vez mais difícil rs..], com cosméticos, maquiagens, dietas, e perdemos um tempão ainda maior com unhas, cabelos, e corpo. E ao essencial quanto tempo e dinheiro dispensamos?
Não sou daquelas que apregoam que devemos cuidar apenas da alma, do espírito, e esquecermo-nos do corpo. Mas esta mensagem atualmente é extremamente abafada e sufocada pelos apelos de nossa geração que busca incansavelmente o rosto perfeito, o corpinho de moça, as madeixas lisas e soltas ao vento, imagens que protagonizam nosso subconsciente e cotidiano. Como mulheres virtuosas que somos, temos que nos atentar, e buscarmos o equilibrio.
Mais do que um corpo bonito, eu quero um espírito singelo, mais do que um peso certo, eu quero um caráter integro, mais do que roupas de grife, eu quero um espírito dócil e tranquilo.
Fazemos metas para um novo regime, um novo visual, uma nova roupa no próximo mês, um novo sapato amarelo, um brinco de prata, mas quantas vezes temos como meta sermos uma pessoa melhor, uma mulher dedicada a Deus, ao lar e sobretudo a si mesma?
Quantas vezes estimulamos nosso cérebro a mudança de hábitos exteriores, mas poucas vezes a mudanças interiores. Metas como: "Este ano irei ler a bíblia", "irei fazer um curso", "irei crescer na comunhão com Deus", "quero orar mais", "me consagrar mais", "ser sincera", "não falar mal dos outros", "controlar minha raiva", "mudar meu modo de ver o mundo", "frequentar reuniões de oração", "buscar domínio próprio", "horarei meus pais", "crescerei em equilibrio", "quero levar alguem ao conhecimento de Cristo", passam longe de nossos objetivos para o ano, para o próximo mês, para a próxima semana, e quem sabe passam longe pela estrada da vida toda.
Até que a "Barbie faz 50 anos" ....
Por quais valores ela lutou? Por quais ideais viveu? Em que ela realmente foi louvável? Porque o lindo corpo escultural perdeu-se no tempo e o que restou?
Tenha alvos grandes na vida! Tenha metas grandes, não apenas de ser uma "linda mulher" mas, como disse nosso irmão e apóstolo Pedro, que nossa beleza "esteja no interior, que não perece, beleza demonstrada num espírito dócil e tranquilo, o que é de grande valor para Deus" [I Pe 3.4].
Eu quero ser uma mulher amável, sincera, amiga de meu esposo e filhos, ser uma ótima mãe, uma esposa virtuosa, uma filha que traz honra aos pais, uma irmã compreensível, quero sempre ter uma palavra de esperança oa próximo, quero ser amiga de Deus, ouvir sua voz, ter sua companhia sempre por perto. Vamos crescer em beleza interior! Porque sobretudo somos "Templo do Espírito Santo" nosso corpo é muito preciso e deve sim ser cuidado, amado e respeitado, mas nosso espírito nos acompanhará para sempre e merece alguns toques especiais e você sabe muito bem como adorna-lo, porque você é uma linda mulher em Jesus!

Um beijo a você... que nosso interior não se corrompa, mas se renove dia após dia e que venham os 50 aninhos!!!
Aline Croce
Veja mais em: , | edit post
Sua opinião 
Related Posts with Thumbnails