Aline
Pintura de Imam Maleki


Amamos tão pouco e tão mal, com uma metade ou até mesmo com um quarto de nós mesmos. E amamos, no outro, alguns pedaços escolhidos, os mais conhecidos, aqueles que nos causam menos medo. É tão raro amarmos alguém por inteiro, com aquilo que nos agrada e com aquilo que não nos agrada. É tão raro sermos amados por inteiro, com nossas cavidades de sombra, com nossos dorsos de luz.


Jean-Yves Leloup

[fonte: Laion Monteiro]
Veja mais em: , | edit post
Sua opinião 
Related Posts with Thumbnails